sexta-feira, 11 de novembro de 2016

VOCÊ TEM MEDO DE QUÊ?


Medo é instinto de preservação. É o que herdamos das primeiras eras de existência do ser humano. Mas quando ocorre o excesso, temos muito mais coragem em preservar o medo do que nos incentivarmos ao enfrentamento do mesmo.

Disso surge o bloqueio mental. E o bloqueio é como um parasita que se alimenta dos pensamentos ruins e derrotistas. Quanto mais nos esforçamos em sua preservação, mais os pensamentos se proliferam. E esses pensamentos se aglutinam, se tornando outros bloqueios mentais.

Os bloqueios mentais também se aglutinam. É quando você prefere ficar trancado em seu quarto, de desejar um relacionamento, mas ficar com medo de procurar (ou medo de dar uma chance à pessoa), de ficar olhando para seu notebook ligado sem executar um objetivo... é uma listagem que tende a crescer

Lembre-se disso: o bloqueio se alimenta de pensamentos ruins QUE SE PROLIFERAM! Os pensamentos se aglutinam, TORNANDO-SE MAIS BLOQUEIOS MENTAIS! Quando se der conta, você se adoeceu.

Você tem o poder da escolha.

Nunca deixe de fazer o que acredita ser o certo porque é difícil. Os pensamentos ruins fazem com que enxerguemos dificuldades que muitas vezes não existem. E mais: essas dificuldades também podem ser a projeção das pessoas que lhe denigrem, que menosprezam seus esforços, enfim, que não tem estima por você.

Enfrente seus medos. Lute contra os bloqueios. Mas é preciso esforço sincero.

Metas e objetivos são cumpridos quando NÃO SE MENTE PARA A MENTE.
 
= = =
 
Foco, Força, Fé e Foda-se!
 
 
 

3 comentários:

  1. Ótima reflexão! Quando deixamos o medo dominar a situação nos sentimos incapacitados e esse sentimento bloqueia todas as nossas ações. Temos que fazer exercícios diários para vencer os medos e torná-los degraus para nosso crescimento pessoal. Beijos!
    Blog Enroladas

    ResponderExcluir
  2. EU AMO SEU LEMA DE FOCO FORÇA FÉ E FODA-SE! HAHAHAHAHAHAHA
    Agora sobre o conteúdo do post: eu sou uma pessoa bem medrosa. Sou alguém que gosta de sair dando tapa na cara do medo, mas isso não significa que eu não o sinta INTENSAMENTE e O TEMPO TODO. Inclusive tem épocas que ele meio que chega até a me vencer e eu dou uma estagnada, aí eu "put my shit together" e volto pra ativa.
    A gente meio que cansa uma hora, sabe? :c

    Beijos tia misa!
    www.jadeamorim.com.br

    ResponderExcluir
  3. Não devemos ter medo, apesar dele ser uma partes por ele.
    s que domina-la e não ser dominados por ele.
    Não devemos guardar o que realmente somos dos outros apenas por medo do que os outros irão pensar de nós...
    Gostei muito da postagem, seguindo e coloquei seu blog nos divulgados em minha pagina bizzarr0.blogspot.com.br

    ResponderExcluir